Correia Têxtil

O ensaio de tração determina a resistência à tração da espessura completa da correia, na direção longitudinal ou transversal, esta última quando requisitada pelo cliente. Também é possível a determinação do alongamento sofrido pela correia após a ruptura.

Normas: ISO 283, DIN 22102

O ensaio testa a resistência à tração da cobertura de uma correia transportadora. Dados como módulo de elasticidade, tensão de escoamento, deformação e tensão de ruptura podem ser determinados por este teste. O ensaio ainda pode ser realizado a altas ou baixas temperaturas utilizando-se uma câmara para teste.

Normas: ASTM D412; DIN 22102

O ensaio de adesão entre camadas determina a resistência adesiva dos constituintes de uma correia transportadora (carcaça, revestimento e fibras).

Normas: ISO 252, DIN 22102

A flexibilidade transversal de uma correia transportadora é expressa pela razão entre a deflexão sofrida pela correia e o comprimento da mesma (F/L).

Norma: ISO 703

O ensaio determina os procedimentos para o ensaio de adesivos utilizados em emendas a frio nas correias transportadoras. As emendas são os pontos fracos da correia em relação a resistência à tração.

Norma: ABNT NBR 15391

Este ensaio é conduzido através de um mecanismo de abrasão constituído de um tambor girante revestido com uma lixa. Os resultados são expressos em termos de perda de volume relativo, normalizados por padrão de borracha.

Norma: ISO 4649

Correia de Cabo de Aço

Este ensaio avalia a resistência à tração de cabos de aço, na direção longitudinal, que constituem a carcaça de correias transportadoras.

Normas: ISO 7622, DIN 22131

O ensaio testa a resistência à tração da cobertura de uma correia transportadora. Dados como módulo de elasticidade, tensão de escoamento, deformação e tensão de ruptura podem ser determinados por este teste. O ensaio ainda pode ser realizado a altas ou baixas temperaturas utilizando-se uma câmara para teste.

Normas: ASTM D412; DIN 22102

O ensaio de adesão entre camadas determina a resistência adesiva dos constituintes de uma correia transportadora (carcaça, revestimento e fibras).

Normas: ISO 252, DIN 22102

Este ensaio avalia a adesão entre o cabo de aço e a borracha que constituem uma correia transportadora. O ensaio é realizado em uma máquina de tração que realiza a separação dos componentes.

Normas: ISO 8094, ISO 7623, DIN 22131

Este ensaio é conduzido através de um mecanismo de abrasão constituído de um tambor girante revestido com uma lixa. Os resultados são expressos em termos de perda de volume relativo, normalizados por padrão de borracha.

Norma: ISO 4649